Administração de Três Cachoeiras intensifica ações de combate ao COVID-19

Administração de Três Cachoeiras intensifica ações de combate ao COVID-19

Desde o início da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), em março de 2020, a Administração Municipal de Três Cachoeiras não mediu esforços para realizar ações de combate ao vírus e sanar os problemas que com ele surgiram, sejam eles de saúde, sociais ou econômicos. Uma das iniciativas de destaque foi a implantação de um local específico para atendimento de pacientes com suspeita do novo coronavírus. O Centro de COVID-19, formado por uma equipe de profissionais que inclui um médico, um enfermeiro e dois técnicos de enfermagem, foi preparado para receber pacientes com quadro gripal e também realizar a testagem nos casos necessários.

Passado um ano, as ações continuam sendo realizadas incansavelmente, mesmo diante do momento mais difícil da pandemia até o momento em todo o Rio Grande do Sul. De acordo com o prefeito municipal, Flávio Raupp Lipert, estão sendo buscadas todas as alternativas possíveis para a compra de vacinas. “Estou junto com a frente dos prefeitos, associações, consórcio, lutando para que os municípios possam adquirir vacinas. Além disso, estamos preparados, com recursos próprios, para que, se houver qualquer possibilidade de compra de doses, o município possa efetivá-la”, informou Flávio.

Na última semana, com o intuito de reforçar as formas de prevenção ao COVID-19, a Secretaria de Saúde visitou alguns estabelecimentos comerciais no município, principalmente oficinas e apara barros. “Relembramos sobre os cuidados e também o que fazer em caso de sintomas. Fomos muito bem recebidas e verificamos que os protocolos estão sendo cumpridos nos estabelecimentos que visitamos”, afirmou a secretária de Saúde, Gilcinara Pereira, que integrou a ação, juntamente com duas enfermeiras e duas agentes comunitárias.

Nesta semana, a fiscalização da Prefeitura Municipal também passou no comércio para averiguar o cumprimento dos protocolos da bandeira preta, determinados pelo Governo do Estado. Em caso de descumprimento, a Secretaria de Saúde deve ser informada.


18 de março de 2021